Prefeitura garante salto de 2 para 47 leitos exclusivos Covid no Hospital Lauro Reus em quatro meses

Para melhor atender a comunidade, visando ter um ambiente preparado para o acolhimento de pacientes que deem entrada com quadros respiratórios em decorrência da Covid-19, o Hospital Lauro Reus (HLR) passou a contar com mais cinco leitos de semi Unidade de Terapia Intensiva (UTI), totalizando oito unidades. Entre leitos exclusivos para Covid (de UTI, retaguarda, clínicos e pediátricos), o HLR teve um salto de dois leitos em abril, para 47, em agosto. A nova ala funciona como uma retaguarda e é equipada com leitos e acesso à oxigenação. A secretária de Saúde, Suzana Ambros Pereira, explica que a expansão da Sala de Retaguarda Covid é para assistidos de média complexibilidade, contando com a estrutura de respiradores, bombas de infusão, monitores e das camas hospitalares adquiridas pela Prefeitura e entregues ao hospital no mês de junho. A ampliação integra o plano de contingência de combate ao coronavírus.
A medida prioriza o atendimento de qualidade para o cidadão e recursos para o melhor desempenho e segurança dos profissionais da saúde do município. Para o diretor administrativo do Hospital Lauro Reus, Jeferson Moschen, a medida garante, além de atendimento adequado ao paciente, mais segurança para os profissionais que ficam munidos de recursos para manejar os casos. “Com isso a equipe pode melhor preparar o paciente para sua internação na UTI ou enfermaria, ou, se tudo ocorrer bem, para o retorno a sua residência”, acrescenta Moschen.
Na última semana foram instaladas as paredes de tubulação para oxigênio, ar comprimido e vácuo, para o funcionamento dos respiradores e demais aparelhos de monitoramento. A porta de entrada da sala também teve sua largura aumentada, para facilitar o acesso de macas e cadeiras de rodas.

Leitos exclusivos para Covid no HLR
Leitos UTI: 5
Leitos retaguarda (respirador, monitor, gases): 8
Leitos clínicos: 30
Leitos pediátricos: 4
Total: 47

Crédito de foto: Nadine Fuck/PMCB