Vigilância Ambiental

Vigilância Ambiental

A Vigilância em Saúde Ambiental (VSA) consiste em um conjunto de ações que proporcionam o conhecimento e a detecção de mudanças nos fatores determinantes e condicionantes do meio ambiente que interferem na saúde humana, com a finalidade de identificar as medidas de prevenção e controle dos fatores de risco ambientais relacionados às doenças ou a outros agravos à saúde.

visitador

 

Combate a Dengue:

O trabalho consiste na ação conjunta do Agente de Combate à Endemias e o Agente de Saúde para combater o mosquito transmissor da Dengue, Chikungunya, Zika e Febre Amarela.

Realizando visitas domiciliares com inspeção e coletas de larvas de mosquito, o objetivo é diminuir os focos de depósitos destas larvas, seja através de orientação aos moradores ou até mesmo a aplicação de multa em caso de reincidência.

  •  LI+t - Levantamento de Índice com tratamento: O ACS e o ACE realizam esta tarefa diariamente. São as visitas de casa em casa, com o objetivo de conscientização e orientação aos moradores, para prevenção ao mosquito. Coletas larvárias são realizadas neste momento, somente nas cosas que contem depósitos com água parada e foco de mosquito.
  • PE - Pontos estratégicos: Acompanhamento quinzenal em locais com grande potencial de acumular água. Ex: Cemitérios, praças públicas com fontes, borracharias, piscinas públicas...
  • LIRAa – Levantamento Rápido de Índice para Aedes aegypti: Realizado somente nas cidades infestadas pelo Aedes aegypti. Campo Bom realiza 4 LIRAa´s ao ano. São visitas simultâneas em toda cidade, pelo período médio de 7 dias. Assim é possível acompanhar o desenvolvimento da população da espécie Aedes aegypti.
  • Revisitas: Somente nas residências que tiveram coletas de larvas com confirmação, via laboratório da SMS, da espécie Aedes aegypti. Irão receber nova visitação, o mais breve possível, afim de averiguar se houve adequação da situação de acumulo de água no pátio. A reincidência, pela segunda vez, de coleta de larvas, resultará na terceira visita pela Vigilância Sanitária e caberá multa.A Vigilância Sanitária poderá aplicar as punições conforme a Lei 1.606/94 do Código de Defesa do Município, podendo chegar a valores de 29,49 URM (Unidade Referencia Municipal), em torno de R$ 100.
  • Sala de espera: Em dias de chuva na cidade os ACE estão disponíveis para atender a demanda de orientação que a população precisa. É realizado então a sala de espera nas Unidades de Saúde. Momento ideal para conhecer as larvas de mosquito, quais os bairros mais infestados e como prevenir a Dengue.

 

Denúncias: 

É possível que o morador faça denúncia de algum local que acumule água. Podem ser feitas pelo telefone 3598 8600, ramal 8770.

 

Combate a Leptospirose:

Após o recebimento de denúncia de morador, se realiza visita ao endereço e é adicionado veneno de bloco parafinado no bueiro mais próximo. O acompanhamento é mensal. Somente é realizado em via pública. Podem ser feitas pelo telefone 3598 8600, ramal 8770