2º Congresso Gaúcho de Cidades Digitais aborda tecnologia no fomento dos pequenos negócios

Especialista do Sebrae Bahia afirma que municípios devem focar no setor para se desenvolver

 

O ambiente de conectividade das cidades digitais pode fomentar os pequenos negócios. As estratégias para o desenvolvimento socioeconômico do setor, a partir do investimento nas Tecnologias da Informação e Comunicação pelas Prefeituras, serão tratadas durante o 2º Congresso Gaúcho de Cidades Digitais, principal evento de tecnologia para prefeitos, gestores e vereadores do Estado. O tema será abordado pela gerente da Unidade de Negócios do Sebrae Bahia, Cecília Fonseca e Miranda.

Menos burocracia, rapidez na tramitação de documentos, além de políticas públicas e oportunidades para os pequenos negócios são algumas das necessidades, na avaliação da gerente. As micro e pequenas empresas foram as responsáveis por manter o saldo de empregos no país positivo no ano passado. Em 2017, foram gerados 389 mil novos postos de trabalho, enquanto as médias e grandes apresentaram saldo negativo de 200 mil. “São os pequenos negócios que acreditam nas cidades. A gente precisa entender que essa pegada digital precisa acontecer incluindo o desenvolvimento econômico, transformando a cidade a partir das pessoas e das necessidades”, afirma Cecília.

O 2º Congresso Gaúcho de Cidades Digitais será realizado em Campo Bom, dias 22 e 23 de novembro, no Teatro do CEI. As inscrições são gratuitas para servidores públicos e podem ser feitas pelo http://congressors.redecidadedigital.com.br. O encontro, promovido pela Rede Cidade Digital (RCD) em parceria com a Prefeitura de Campo Bom, terá a participação de representantes dos Ministérios do Planejamento e da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), trazendo as políticas públicas federais, além do Governo do Rio Grande do Sul, empresários, prefeitos e gestores, que compartilham modelos e ferramentas que contribuam com o processo de modernização dos municípios do Estado. “O objetivo é promover a troca de experiências e facilitar o acesso às novas tecnologias. Serão diversos temas abordados, reforçando ainda mais a importância da tecnologia para melhorar todos os setores da administração pública. O mais importante das cidades digitais e inteligentes é a melhoria na gestão dos recursos e na qualidade de vida das pessoas”, frisa o diretor da RCD, José Marinho.

O evento tem o patrocínio master da Inovadora e Infisc; ouro da 1DOC; prata do Fala Cidadão, Nettcom Tecnologia e Inova Telecom, além do apoio institucional da Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (FAMURS) e das Associações de Municípios AMAU, AMESNE, AMVRS, AMZOP, AMUCELEIRO e AMUCSER.

 

Serviço                                                                             

2º Congresso Gaúcho de Cidades Digitais

22 e 23 de novembro, em Campo Bom

Inscrições gratuitas para servidores públicos

http://congressors.redecidadedigital.com.br/

Informações pelo congresso@redecidadedigital.com.br ou pelo (41)3015-6812

 

Notícia postada em 07/11/2018